Como abrir uma clínica odontológica?

Empreender é algo que muitos profissionais estão fazendo nos últimos anos, independentemente do segmento no qual atuam. Seja pelo cenário econômico pelo qual o país tem passado, pela necessidade de adquirir uma renda extra, ou mesmo para alcançar objetivos pessoais e profissionais, apostar no próprio negócio hoje é uma tendência. Dentistas, por exemplo, enxergam mais vantagens trabalhando em seu próprio negócio do que para outra pessoa. Sendo assim, se você é um dentista e quer investir em algo seu, é preciso saber como abrir uma clínica odontológica!

Montar uma clínica não é e nunca foi fácil, mas é a maneira mais eficaz de um dentista receber uma quantia justa pelo serviço que presta. Por isso, preparamos as melhores dicas para te ajudar a começar a sua clínica.

Confira! Abrir uma clínica é a oportunidade que você precisa para crescer na sua profissão.

Essa é a sua dúvida e a de milhares de profissionais que cogitam a abertura de sua própria clínica odontológica.

De fato, não é fácil, é um processo um tanto quanto longo, mas que, se bem feito, rende muitos frutos ao longo dos anos e, por isso, acaba valendo a pena.

Eu sei, você deve estar bem interessado na documentação necessária para abrir uma clínica. Mas, continue comigo! Vamos chegar lá, antes disso é preciso saber mais alguns detalhes!

Como abrir uma clínica odontológica

Local

A primeira dica sobre como abrir uma clínica odontológica é pensar em um local para ter o seu estabelecimento. Você precisará de um ponto que possa comportar a recepção da sua clínica, a sala onde os atendimentos serão realizados – preferencialmente mais de uma, para quando você contratar mais pessoas – e também de sanitários. Essa é a infraestrutura básica a ser oferecida aos pacientes, pois o conforto é primordial quando falamos de uma clínica odontológica, visto que essa é uma situação fonte de desconforto para muitos.

Além disso, escolher um ponto em uma área bem movimentada da cidade é uma ótima estratégia. Isso porque quanto mais visibilidade você garante à sua clínica, mais chances tem de conseguir um número maior de clientes. Pontos no centro são uma boa ideia, mas se não puder pagar por um, pode optar por locais próximos a vias movimentadas.

É verdade que o aluguel pode ser bem caro, mas você terá o retorno desse investimento muito antes do que pode imaginar.

Equipamentos e produtos de qualidade

Uma clínica odontológica precisa oferecer equipamentos e produtos de qualidade aos pacientes, certo? Afinal, além do bom atendimento, eles reparam muito nisso.

As condições de equipamentos como a cadeira, por exemplo, devem ser impecáveis. Afinal, esse é o equipamento-chave de uma clínica odontológica. Você também vai precisar de aparelhos para cirurgias, além de itens descartáveis. É muito importante verificar a procedência e garantir que tudo esteja dentro dos conformes.

Funcionários aptos

Mais uma dica sobre como abrir uma clínica odontológica é: escolha bons funcionários. Ainda que você queira trabalhar sozinho, não irá dar conta de todo o serviço que tem. É necessário, por exemplo:

  • Atender os pacientes;
  • Marcar horários;
  • Cuidar da agenda;
  • Cuidar da limpeza;
  • Lidar com o recebimento de dinheiro.

Tudo isso é trabalho para, no mínimo, duas pessoas além de você. Portanto, na hora de escolher seus funcionários, tenha certeza de que são pessoas de confiança e que têm força de vontade para trabalhar.

Documentação

O primeiro passo é registrar a sua clínica em alguns órgãos, sendo eles:

  • A Junta Comercial.
  • A Receita Federal.
  • A Secretaria da Fazenda.
  • A Prefeitura do Município para obtenção do alvará de funcionamento.

Além disso, também será preciso:

  • Cadastrar a empresa junto à Caixa Econômica Federal no sistema de INSS/FGTS – de conectividade social;
  • Obter um alvará com o Corpo de Bombeiros Militar;
  • Obter um alvará de licença sanitária, adequando a sua clínica com o que é exigido pelo Código Sanitário da ANVISA (âmbito federal) e Secretarias Estaduais e Municipais da Saúde (âmbito estadual e municipal).

Contabilidade em dia

Outro aspecto importante e dica fundamental sobre como abrir uma clínica odontológica é: tenha a contabilidade em dia.

Embora sejam segmentos totalmente diferentes, o setor contábil faz parte de todo e qualquer tipo de negócio e é fundamental para seu bom funcionamento. A partir dele é possível medir os resultados, mudar as estratégias, acompanhar o fluxo de caixa etc. Por isso, é imprescindível!

Para você ter uma ideia, com a contabilidade é possível realizar um planejamento tributário para dentistas, que poderá reduzir a quantia desembolsada com os impostos pelo seu negócio, além de possibilitar uma economia considerável à sua empresa e garantir maior estabilidade, conferindo os dados que você precisa para tomar as melhores decisões sobre o seu negócio de forma estratégica.

Agora que você já conhece as principais dicas sobre como abrir uma clínica odontológica, já pode começar o seu novo negócio.

Em caso de dúvidas, fale com a Comed! Será um prazer atendê-lo!

Saiba mais sobre a tributação para Dentistas.

Sucesso e até breve.