Consultório de odontologia: 3 erros para não cometer

O segredo do sucesso de qualquer negócio está na efetividade da sua administração e a gestão do consultório de odontologia não é exceção a essa regra. Porém, se considerarmos o que acontece nos consultórios, o trabalho da gestão se foca muito mais na prevenção de erros do que qualquer outro ponto.

Erros são os reais impedimentos do sucesso de qualquer tipo de consultório. Naturalmente, trabalhos relacionados à medicina tendem a ser prósperos, mas deslizes podem levá-lo facilmente a problemas financeiros, quando não à falência completa.

Entenda hoje quais erros você deverá evitar na gestão do consultório de odontologia, e também formas de evitar desafios comuns que podem assombrar seu negócio e te levar a ter sérios problemas no futuro.

A gestão do consultório odontológico para prevenção de erros

Para a gestão de um consultório, você deverá se atentar a diversos detalhes que farão parte da linha tênue entre o sucesso e o fracasso da sua empresa.

  1. Não separar as contas pessoais das profissionais

Certamente um dos erros mais comuns dos consultórios de médicos e dentistas é não separar as contas pessoais das contas de seu consultório. A não separação implica em dois fatores, sendo o primeiro deles a desorganização e descaso com seu negócio.

Porém, essa não separação pode levar o seu negócio ao prejuízo. Essas ações impedem completamente a visão clara do seu negócio, ou seja, você terá mais dificuldades durante a gestão do consultório de odontologia, o que comprometerá sua capacidade de analisar se você está lucrando ou tendo prejuízo com suas ações.

  1. Não contratar uma boa assessoria de  contabilidade

Um negócio precisa pagar impostos, isso é um fato. Mas a escolha do regime mais adequado pode ser o diferencial necessário para economizar e, caso você não saiba por qual regime optar, pode estar pagando impostos a mais sem nem mesmo saber. Temos como possíveis regimes tributários para um consultório odontológico:

  • Lucro presumido;
  • Lucro simples;
  • Lucro real.

Por isso, na gestão do consultório de odontologia, não hesite em contratar uma assessoria contábil para te ajudar na decisão do regime tributário.

Mais do que simplesmente te auxiliar na decisão da tributação e te orientar sobre economia a longo prazo, uma boa gestão de consultório odontológico poderá tirar grande proveito dessa assessoria para lidar com as contas, gerenciar lucros, prejuízos, tomar decisões de forma estratégica e muito mais.  

  1. Não apostar no marketing para consultório

O marketing para a área de saúde pode parecer, inicialmente, um grande desafio a ser enfrentado, mas ele é uma medida necessária para garantir o sucesso do seu negócio. Mesmo com suas nuances, normas e regras específicas dessa área, sem o marketing um negócio dificilmente conseguirá se estabelecer no mercado e captar clientes.

Por isso, é importante apostar em uma forma inteligente de fazer o marketing para dentistas, seja por meio do marketing digital, por anúncios ou qualquer outro meio ao seu alcance.

Busque sempre divulgar o seu negócio dentro das normas do segmento para garantir que você não sofrerá quaisquer tipos de prejuízo com suas campanhas e ações.

Quer saber mais sobre como a contabilidade te ajuda a impulsionar a gestão do seu consultório de odontologia? Fale com a Comed!

Carnê Leão e Livro Caixa para dentistas – tudo que você precisa saber!

Muito sucesso, um forte abraço e até logo.