Skip to main content

Com a chegada de um novo ano, é fundamental que as clínicas médicas estejam atentas às obrigações legais para garantir o pleno funcionamento de suas atividades. Dentre as principais responsabilidades está a renovação do alvará sanitário e do alvará de funcionamento, processos cruciais para a manutenção da regularidade e qualidade dos serviços prestados. Neste artigo, iremos orientar sobre as etapas e fundamentos legais envolvidos nesse procedimento.

Renovação do Alvará Sanitário: Compromisso com a Saúde Pública

O alvará sanitário é um documento que atesta que a clínica médica está em conformidade com as normas e regulamentos sanitários estabelecidos pelos órgãos de saúde. No Brasil, a legislação que rege esse processo é amplamente baseada na Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) nº 153/2017, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Para efetuar a renovação do alvará sanitário, é necessário:

  1. Atender aos Requisitos Sanitários: Certifique-se de que a clínica esteja de acordo com as normativas de boas práticas e condições higiênico-sanitárias estabelecidas pela ANVISA.
  2. Atualizar a Documentação: Reúna todos os documentos exigidos, como licenças e certificados, que comprovem a regularidade da clínica.
  3. Inspeção Sanitária: Esteja preparado para a visita da vigilância sanitária, momento em que serão verificados os aspectos físicos e operacionais da clínica.

Renovação do Alvará de Funcionamento: Base Legal e Procedimentos Necessários

O alvará de funcionamento, por sua vez, é um documento emitido pela prefeitura municipal que autoriza o exercício da atividade naquele local. A legislação varia de acordo com cada município, mas geralmente está fundamentada no Código de Posturas e na Lei de Uso e Ocupação do Solo.

Passos importantes para a renovação do alvará de funcionamento incluem:

  1. Regularização Tributária: Certifique-se de que a clínica esteja em dia com as obrigações tributárias municipais.
  2. Vistoria Municipal: Algumas prefeituras exigem vistorias para garantir que a clínica atenda às normas locais de segurança e urbanismo.
  3. Preenchimento de Documentos: Esteja atento aos prazos e procedimentos estabelecidos pelo órgão municipal responsável e preencha corretamente os formulários necessários.

A renovação do alvará sanitário e de funcionamento é essencial para o bom funcionamento da sua clínica médica em conformidade com a legislação vigente. Antecipe-se aos prazos, organize a documentação necessária e esteja preparado para as inspeções. Ao agir de maneira preventiva, sua clínica evitará transtornos e garantirá a continuidade de um atendimento de qualidade aos pacientes.

Lembre-se de consultar as legislações específicas do seu município, pois algumas regras podem variar. A responsabilidade e o compromisso com a regularidade de sua clínica são fundamentais para manter a confiança dos pacientes e a excelência nos serviços prestados.

Aqui na COMED nós já estamos de olho em todos esses prazos e processos, e nossa equipe já está pronta para te auxiliar. Entre em contato conosco e saiba quais são os próximos passos.